Jornal da Educação - JE ISSN 2596-223X - online -

Jornal da Educação-JE ISSN 2237-2164   impresso

Projeto Perfil
Garuva

Educação municipal recebe prêmio estadual (Outubro/2011)

Garuva recebeu, no dia 17 de outubro, o 19º Prêmio Educador Elpídio Barbosa, por seu bom desempenho no IDEB 2009. A entrega aconteceu no Teatro Alvaro de Carvalho, em Florianópolis.
A comitiva de Garuva, contou com a presença do prefeito João Romão, da Vice-Prefeita Julianne Galetto Junqueira Pensky, da Secretária Municipal de Educação Márcia Corrêa, do Secretário Municipal de Desenvolvimento Social e Habitação Genélcio Brunetto, dos vereadores Norberto Weber e Vanessa Nagel, do chefe de gabinete Ivandro Lopes, de professores, diretores, especialistas e coordenadores de programas. A imprensa local foi representada pelas Rádios Máxima FM e União Comunitária e Jornal de Garuva.



 
O melhor desempenho para os anos iniciais do ensino fundamental entre os municípios do estado, no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica – IDEB de 2009 legou à Garuva o prêmio de destaque dessa edição.
O prêmio Elpídio Barbosa é concedido anualmente pelo Conselho Estadual de Educação de Santa Catarina - CEE/SC e visa homenagear empresas e escolas que se destacaram no desenvolvimento do ensino no estado de Santa Catarina.
“O recebimento de prêmio de imensurável relevância nos configura definitivamente como uma rede de ensino repleta de pessoas competentes atuando com excelência e qualidade acerca do propósito maior em oferecer melhorias à qualidade de vida das pessoas”, declara Márcia. “E é assim que somos, ou seja, apaixonados pelo formato educacional que prioriza o respeito às diferenças, a responsabilidade e a construção coletiva do saber em suas mais diversas manifestações. Estamos muito felizes e dividimos esse momento com alunos, pais e profissionais da educação municipal. Muito obrigada”, completa. 
 
 
 
Etapas da conquista
 
Em novembro de 2009, foi aplicada a Prova Brasil nas escolas, visando avaliar o nível de conhecimento em Língua Portuguesa e Matemática dos estudantes de quartas e oitavas séries. 
Os resultados obtidos foram utilizados na construção do IDEB (calculado de dois em dois anos) que, além de retratar o nível de aprendizagem dos alunos avaliados, permite a elaboração de políticas capazes de reforçar a aprendizagem em sua localidade. A média obtida pelas escolas de Garuva colocou o município em primeiro lugar em nível estadual nos anos iniciais e 12º (empatada com outros 17 municípios) em nível nacional. 
A Escola Municipal Vicente Vieira foi a detentora dos melhores resultados para Garuva, já que nas quartas séries, a escola subiu de 3,9 (IDEB de 2007) para 6,9 em 2009. Com essa nota, o estabelecimento ultrapassou em muito a meta projetada pelo INEP, que era de 4,1. O resultado colocou a instituição no grupo dos dez melhores índices do IDEB de Santa Catarina para os anos iniciais do ensino fundamental. Já nas séries finais do ensino fundamental, a “EM Vicente Vieira” atingiu a meta projetada, de 4,3 (4,2 em 2007).
A secretária Márcia Corrêa destaca que “não efetuamos nenhuma ação mirabolante. O que fazemos é um trabalho com extrema responsabilidade, priorizando a oferta de ações capazes de melhorar a qualidade de vida das pessoas. O fato de estarmos em situação de destaque não nos faz descuidarmos em momento algum. Ou seja, percebemos que há muito trabalho ainda a ser feito e, por isso, articulamos posturas que possibilitam benfeitorias maiores aos nossos estudantes e suas respectivas famílias. Acreditamos numa Educação coletiva, construtiva e com responsabilidade social – e é assim que continuaremos atuando”.
“É emocionante percebermos a simbologia existente nas peças que representam o prêmio conquistado pelo nosso município. Não apenas um troféu, mas sim, a certeza de que pessoas realizam trabalhos brilhantes. Não somente um diploma, mas também, a convicção de que nossa população redireciona posturas. Não somente uma medalha, mas porque não dizer, a certeza de que juntos, conseguimos proezas incalculáveis. A Prefeitura de Garuva congratula-se com toda rede municipal de ensino agradecendo imensamente pelo prêmio que ‘vocês’ conquistaram para o município. Muito obrigado” finaliza João Romão. 
 
 
O IDEB foi criado em 2007 para medir a qualidade de cada escola e rede de ensino. O indicador é calculado com base no desempenho do estudante em avaliações do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira - INEP e em taxas de aprovação. Assim, para que o IDEB de uma escola ou rede cresça é preciso que o aluno aprenda, não repita o ano e frequente a sala de aula.  

Login Form