Jornal da Educação - JE ISSN 2596-223X - online -

Jornal da Educação-JE ISSN 2237-2164   impresso

Projeto Perfil

Afetividade, aceitação do diferente e amor próprio

     A professora e pesquisadora Celina A. D. Fritz e professor Rodrigo Fornalski Pedro são os responsáveis pelo Projeto Safira em desenvolvimento na Escola Básica Municipal Dalmir Pedro Cubas.

     A professora Rosangela R. Bassani gestora da unidade e a Secretaria de Educação apoiaram o projeto Safira liberando por 20 horas aulas os professores para  efetivação do projeto na escola.

     A idéia de ter um animal de estimação na escola foi da professora Celina que já trabalha com animais nas aulas de ciências.

     "Aprender a gostar, demonstrar seu amor e se relacionar com o animal, torna mais fácil a criança fazer o mesmo com as pessoas. Safira é um estímulo visível e afetivo. Se vai influenciar ou não, é o que vamos pesquisar. Diariamente, é feito um relatório registrando a reação das crianças e da Safira ao terem contato.

     Além de interagir com as crianças durante o recreio, o cão está  auxliando os professores  em sala de aula. O professor de matemática, da 5a e 6a. série, está usando para ensinar medidas, ângulos, volume e peso. Os alunos das séries iniciais fizeram poesia para Safira e na Educação Infantil, as crianças brincam, acariciam e até conversam com a animal.

     Até o momento não se tem registro de pesquisa semelhante, mas os resultados apontam melhoria na afetividade e no ambiente da escola. Mostramos às crianças, por exemplo, que a Safira toma banho e vem para a escola limpa e cheirosa, ela se prepara para encontrar os amigos, e que precisa se alimentar com ração especial para cão, para se manter saudável, portanto, o pátio da escola, onde ela permanece todos os dias durante o recreio, não pode ter coisas no chão porque ela poderá comer e ficar doente.

     Antes de iniciar, o projeto foi apresentado aos pais, a Vigilância Sanitária também foi consultada e Safira passou por um período de adestramento. O cão já tem um ano e jamais fica sozinho com os alunos, há sempre a presença de um dos quatro adultos envolvidos diretamente com o projeto. 

     A professora Celina explica que as atividades do projeto em si são diferenciadas e serão desenvolvidas a partir de agora contando com a parceria de voluntários e professores da UNC de Mafra.

 


 

                 S  empre esperta e encantadora
                 A  gente adora quando ela vem
                 F  alaram que ela deita e rola
                 I   nteligente, bonita e sapeca.
                 R  ainha da criançada
                 A  ssim que ela vai embora, esperamos o dia que ela vai voltar.
                 Aluna: Amanda Thaissa   dos Santos, 3ª série


Login Form