Jornal da Educação - JE ISSN 2596-223X - online -

Jornal da Educação-JE ISSN 2237-2164   impresso

De onde vem?

Os vikings estiveram no Brasil?

 

O que vem na sua mente quando você ouve a palavra viking? Provavelmente um guerreiro feroz e barbudo, segurando um machado. Essa é a imagem mais tradicional que se tem do viking: a do guerreiro. No século XIX surgiu a ideia de que os nórdicos teriam pisado em território brasileiro, mas será que isso realmente é verdade?

Em primeiro lugar, precisamos entender quem foram os Vikings. De modo geral, a palavra viking é usada pra nomear os povos escandinavos do período medieval, especificamente nos séculos VIII ao XI, período da era viking. O nome em si tem várias explicações, como por exemplo: Ter origem no nórdico antigo Vik, que significa baía; Pessoa ligada à região de Vik, no sudoeste da Noruega; Alguém que está afastado de casa, o que é ligado à palavra Vikja (mover, caminhar, trilhar); A pessoa que visita o Wic (ou Vik), um local de comércio na Europa setentrional; a expressão antiga Viking (remador que troca de turno). Dá pra ver que apesar dos significados diversos, o tema da navegação aparece em comum. E não é a toa, já que os vikings são conhecidos por terem sido grandes navegadores e comerciantes.

Bom, agora sabemos quem foram os vikings e que eles eram bons navegadores, mas e essa ideia de que pisaram aqui no Brasil? Como já foi dito, isso surgiu no século XVIII, através dos pesquisadores do IHGB (Instituto histórico e geográfico brasileiro). Um dos primeiros pontos que eles defendiam é o de que as inscrições na Pedra da Gávea seriam runas nórdicas.



Imagem 1: Pedra da Gávea, localizada no Rio de Janeiro. Dentro do retângulo vermelho, as inscrições



Olhando por alto, até parece que as inscrições realmente são runas, mas posteriormente geólogos constataram que elas são fruto de erosões.

Outra tese envolve a cidade perdida da Bahia, descrita no manuscrito 512, que é um relato de um grupo bandeirante. A ideia é que a tal cidade teria origem nórdica, sendo a estátua da praça principal dedicada ao deus Thor. Hoje em dia, sabemos que se trata de uma localização fictícia.

Também houve a defesa de que os vikings estiveram no litoral de Santa Catarina, na região de Arvoredo, onde existem alguns Petróglifos, que na época foram comparados às inscrições da pedra da Gávea. Na verdade, estes petróglifos têm origem indígena.



Imagem 2: Petróglifos de Arvoredo, Santa Catarina.


Como deu pra ver, a ideia de que os vikings estiveram no Brasil é falsa, e não demorou muito para ser abandonada. Ainda assim, é importante lembrar que ela persistiu por um tempo nos escritos de João Barbosa Rodrigues, que procurava defender a suposta herança viking dos povos da Amazônia.

Mas é importante entender que não foi por acaso que essa ideia surgiu. Neste período, havia um movimento para explicar as origens do Brasil, por meio de uma lógica eurocêntrica, que buscava amenizar e se possível apagar as origens nossas negras e indígenas.



Texto escrito por: Marcelo Junior Dainesi Viana

Login Form