Jornal da Educação - JE ISSN 2596-223X - online -

Jornal da Educação-JE ISSN 2237-2164   impresso

De onde vem?

Mas o Corona pode trazer a paz mundial?

Em épocas de Corona tenho visto muita gente com o discurso de que, por causa do corona, tudo estaria “mais em paz” e também de que se houvesse uma grande epidemia isso conseguira trazer mais praz para o mundo ... concordo que ao ver uma pandemia pensar em paz é ser muito otimista e isso é louvável, mas não é o que vou discutir aqui, mas sim analisar a afirmação do ponto de vista histórico.

Em 1348 começou o primeiro surto de Peste Negra na Europa, e ao contrário do que muita gente pensa, ele durou apenas 3 anos. Como se espalhou por todo o continente podemos entende-lo quase como uma pandemia (já que se espalhou por todo o mundo conhecido na época) ,,, que tipo de impacto ele trouxe nas questões citadas?

Primeiro que uma grande, gigantesca guerra estava ocorrendo nessa época, a chamada Guerra dos 100 Anos. Mais especificamente estávamos no momento mais tenso dessa guerra, o rei Eduardo III da Inglaterra havia conseguido conquistar todo o norte da França aplicando enormes derrotas ao mesmo tempo Felipe IV da França estava retomando as forças do sul e centro da França para uma grande campanha a expulsar os ingleses.

Vamos colocar como um momento parecido com o Dia D na 2ª Guerra mundial (Hitler tinha chegado ao máximo de sua expansão e os Aliados pensando em um ataque conjunto para segurar seu avanço e mudar os rumos da Guerra) – foi nesse cenário que a Peste invadiu com toda força a França ... atingindo primeiro os homens do rei Francês, Felipe, chegando a matar vários de seus filhos e esposa, na época chamaram isso de Maldição dos Valois, como se fosse um sinal de que Deus estaria do lado dos ingleses.

Mas poucos meses depois o mesmo ocorreu com o rei inglês Henrique III, que não somente teve filhos pegos pela peste, mas ao retorno destes e de vários soldados infectados para a Inglaterra espalharam a doença no país ....

E que impacto isso trouxe para a guerra? ... por ridículo que possa parecer, quase nenhum. Era uma das piores se não a pior epidemia da história, mas a Guerra continuou. Sim, ficou mais difícil achar soldados, precisaram recrutar servos para lutarem, o que era muito incomum exceto nas cruzadas) e no final a guerra simplesmente continuou até a derrota dos franceses (ao menos derrota parcial até uma nova guerra eclodir dentro da Guerra dos 100 anos).

Além de não ter trazido paz, a morte dos servos na guerra (além da morte dos que se foram por causa da peste) trouxe fome nos anos seguintes, revoltas camponesas, um cenário que levou anos para se “normalizar”. Ah, mas alguém pode supor que isso ocorre porque “os homens medievais gostavam muito de Guerra” então vamos para uma situação mais recente, 1ª Guerra Mundial.

Estávamos em meio a maior guerra que já havia existido no mundo, iniciada em 1914, quando em janeiro de 1918, logo após iniciar-se a revolução russa em meio a guerra, começa uma grande epidemia de gripe assolando a Europa e se espalhando com rapidez para o resto do mundo.

Ainda assim esse ano foi particularmente tenso, os Estados Unidos que havia entrado oficialmente na guerra na metade do ano anterior tinham conseguido levar as suas principais forças em terra e diversas das piores batalhas ocorreram neste período, duas grandes batalhas de Sommes, as três famosas batalhas de Soissons, a ofensiva dos 100 dias entre outros.

Tendo juntas somadas por volta de 7 milhões de mortes (as 16 milhões totais da Guerra) sendo que a gripe em si superou de longe com 50 milhões de mortos

Ou seja .... Creiam, em uma época de paz a quarentena até pode ocorrer de forma pacífica , mas em época de guerra o ódio e a ganância falam mais alto, vamos pensar em outra forma de atingir a paz mundial.

Login Form