Jornal da Educação - JE ISSN 2596-223X - online -

Jornal da Educação-JE ISSN 2237-2164   impresso

De onde vem?

Palavras também envelhecem(JE272)

Provavelmente você já deve ter percebido alguma palavra mudar de significado com o tempo. Por exemplo, pirata, que antigamente eram aqueles navegadores que atacavam e saqueavam navios, hoje, tornou-se a pessoa que faz cópia ilegal de algum programa.

Se em sua curta vida (curta comparada à história da humanidade) você já deve ter visto isso ocorrer, imagine com as palavras que tem séculos, ou talvez até milênios.

Porque pilha (amontoado de objetos um em cima do outro) recebe o mesmo nome de pilha (aquela que faz aparelhos funcionarem)? Por incrível que pareça, quando surgiu a ideia de criar algo que pudesse gerar eletricidade, tiveram a ideia de fazer um amontoado de discos de cobre e zinco um em cima do outro, todos empilhados, a invenção funcionou (mas não era nada prática, veja o tamanho dela na imagem ao lado)

Que a palavra "pedreiro" veio de pedra, você provavelmente já pensou. Afinal, quando a palavra surgiu em Portugal, as casas eram mesmo feitas de pedra, mas o que isso tem a ver com o Pedro ou com Petrópolis? O nome Pedro significa pedra (Jesus teria chamado Simão de Pedro, por ter a fé firme como um rocha e servir para ser a base para outros, o nome Pedro, então, pegou). Petrópolis, por sua vez, tem o seu nome em homenagem a D. Pedro II (Petro = Pedro e Polis = Cidade).

Já o petróleo era o óleo retirado debaixo das pedras, então petróleo. Já depredar (e não depedrar como muitos pensam) não tem a ver com pedra, e sim com predador (destruidor) por isso o R que muitas vezes desavisadamente, é grafado no lugar errado.

Alguma vez você já se perguntou, porque no museu pode ter coisas antigas, artes de todos os tipos, mas quase nunca música? Tanto música, como museu veio da ideia de Musa (aquelas personagens mitológicas gregas que teoricamente inspiravam as pessoas a fazerem coisas divinas). Desta forma a música era algo que ocorria sob a inspiração das musas, e museu seria o local para as pessoas se inspirarem a criarem novas coisas, ou seja, museus agiriam como musas para as pessoas.

Que o programa de computador Nero recebe esse nome em homenagem ao imperador Romano Nero, alguns provavelmente já saibam. Assim como Nero teria incendiado Roma, também a gravação de um CD se dá pela "queima" de partes dele, o verbo em inglês é o mesmo (to burn). Entretanto, poucos sabem que Nero não era o nome dele, pelo contrário, quando nasceu, chamava-se Lúcio Domício Enobarbo, mas colocou sobre si o nome Nero que vem de Nervo (significando forte, vigoroso). Será que de tão nervoso que ficou, resolveu pôr fogo na cidade?.

Os próprios piratas, que cito no início do texto, já tinham tido outro significado antes dos "piradas do caribe". Nas guerras púnicas (ocorridas entre os cartaginenses e romanos) era comum a técnica de se usar navios chamados birremes ou trirremes com soldados atirando flechas incendiárias em cidades inimigas, essa técnica recebia o nome de pirata (em inspiração ao Piro, que significa fogo),

Ou seja, a pira olímpica é parente próxima dos piratas da Internet.

Às vezes as palavras evoluem para significar o oposto delas próprias. Na Idade Média chamar alguém de amador era incrível elogio. Amador vem de Amar. Amador é aquele que pratica algo por amor (em contraposição a mercenário, que só faz algo em troca de dinheiro). Mas com o passar do tempo, no século XIX, com a ideia de especialização das áreas profissionais, aquele que só fazia por amor não era o suficiente, e a palavra passa a ter significado negativo.

Quem gosta criticar os políticos, talvez goste de saber que a palavra senador tem a mesma origem que senil. A relação entre elas é que ambas derivam da palavra senex, que significa velho, o senado era o conselho dos anciãos, e senil é a pessoa que de tão velha perde as habilidades mentais.

E falando em mente, o que mentira, mente, semente, sêmen e seminário tem em comum?

Mente significa pensar, mentira, portanto, é algo que foi criado na sua mente (portanto não é a verdade). Semente por sua vez vem de sêmen que significa espalhar. A semente espalha nova vida. O sêmen cria nova vida. O seminário cria novas ideias. E, ainda há aquele que dissemina novas ideias.

O que o rádio do seu carro tem a ver com a radiação ou com a radiografia?

No século XIX, ao estudar um elemento químico chamado rádio, cientistas perceberam que ele emitia pequenas partes de si que podiam atravessar qualquer objeto, menos o chumbo e até aquele momento o rádio era o único elemento que tinha aquela ação, daí o nome radiação. Grafia significa escrita. Quando tiveram a ideia de usar a radiação para passar por dentro do corpo das pessoas e mostrar (escrever) o que estava lá dentro deram o nome de radiografia. Quando inventaram o rádio, usaram princípios semelhantes aos da radiação (que podia passar barreiras físicas e era transmitida pelo ar) assim usaram o mesmo nome para definir o aparelho. Há ainda a radioterapia, que usa a radiação pra combater câncer.

E você já participou de algum partido? Ou fez parte de alguma empresa particular? Todas essas palavras vem de "parte". Partido é algo que representa uma parte da população. Empresa particular é aquela que não pertence a todos (não é pública) mas apenas a uma parte das pessoas. E participar, por sua vez, é fazer a sua parte em algo.

Então, o que o pneu do carro tem a ver com a pneumonia? A resposta é o ar. Pneumo significa pulmão, quando ele infecciona temos pneumonia. O pneu do carro por sua vez, tem ar dentro dele para que ele funcione, assim como um pulmão. Daí o nome pneu, ou roda pneumática.

Você já ouviu dizer que comer muito sal faz mal à saúde? Pois bem, saiba que saúde, saudável, originalmente, estavam ligados a quem comia sal. Na Roma antiga o sal era produto raro, faltava na alimentação da maior parte das pessoas, mas quem o comia acaba sentindo mais vigor, mais força, evitando tonturas e fraquezas típicas da pressão baixa. Então, quem comia sal era mais saudável, tinha mais saúde.

Soldados romanos, para que tivessem sempre predisposição a lutar nas batalhas, recebiam sempre sua porção de sal, daí surge a palavra salário.

E por que hoje a maior parte das pessoas deve evitar o consumo de sal? Simplesmente, porque em todos os produtos industrializados já há uma grande quantidade do produto, que em exagero, pode causar males à saúde.

Login Form