Notícias

Notícias - Últimas Notícias
ESCOLA ENSINA - FAMÍLIA EDUCA
JORNAL DA EDUCAÇÃO - 25-Jan-2017
Atenção senhores pais e mães‼ Está se aproximando o início do ano letivo e é sempre bom lembrar que é em casa que as crianças devem aprender:✅01- Bom dia✅02- Boa Tarde✅03- Por...
Notícias - Últimas Notícias
ENEM: CINCO DICAS PARA A RETA FINAL
Jornal da Educação - 01-Nov-2016
Revisar as anotações do plano de estudos e descansar na véspera da prova são essenciais para obter bom desempenhoEm contagem regressiva para o ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio), um dos exames mais...
Notícias - Últimas Notícias
Abertas vagas para Ingresso nos cursos superiores do IFC
Assessoria IFC Araquari - 17-Fev-2016
CURSOS SUPERIORES GRATUITOS COM SELEÇÃO PELO HISTÓRICO ESCOLAR Quatro cursos de nível superior do IFC Araquari (e demais unidades de SC) estão com vagas abertas para cadastro de reserva, com sele...
Notícias - Últimas Notícias
Começa Feira Estadual de Matemática
Jornal da Educacao - 28-Out-2015
A partir desta quarta-feira, 28 de outubro, acontece em Joinville a 31ª Feira Catarinense de Matemática. A abertura será às 18 horas, no Expocentro Edmundo Doubrawa, seguida de visitação pública. A or...
Notícias - Últimas Notícias
TCE publica liminar contra Governo do Estado na contratação dos ACTs Professores terão mais 30 dias
Maria Goreti Gomes - 09-Out-2015
Uma vitória aos professores catarinenses Admitidos em Caráter Temporário (ACTs) foi concedida nesta quinta-feira (8) pelo Tribunal de Contas do Estado, para que eles possam participar dos processos se...

Cadastro






Esqueçeu a senha?
Sem conta? Criar Conta!
Mostra Arte Para Todos de Joinville
Classificação: / 0
Escrito por Jornal da Educacao   
29-Set-2015

Foto Chico Maurente
Foto Chico Maurente

 

Evento que será realizado no dia 30 de setembro, terá painel sobre o papel da arte no desenvolvimento de pessoas com deficiência intelectual e apresentações de dança e teatro. A entrada é gratuita

 

            No dia 30 de setembro, às 10h, no Teatro Juarez Machado, será realizada a quarta edição da Mostra Arte para Todos, que tem entrada gratuita e é promovida pelo Impar – Instituto de Pesquisa da Arte pelo Movimento em parceria com Naipe - Núcleo de Assistência Integral ao Paciente Especial, da Secretaria de Saúde de Joinville. O evento reúne em cena apresentações dos projetos desenvolvidos pelo programa de formação cultural Arte para Todos, que visa promover a inclusão e a inserção sociocultural de pessoas com deficiência intelectual (crianças, adolescentes e adultos) por meio das artes cênicas - nas áreas de dança e teatro.

            A programação da Mostra abre com o painel “Observações e reflexões sobre papel da atividade artística no desenvolvimento dos participantes do programa Arte para Todos”, com participação do pediatra e geneticista Guilherme Colin, da psicóloga Vivianne Conzatti e do professor de teatro Robson Benta. As apresentações de dança e teatro iniciam, na sequência, com os alunos das turmas de dança e teatro infantil e adolescentes; e com as turmas do Laboratório de Teatro, que envolve alunos com idade acima dos 18 anos. A Mostra finaliza com a apresentação do espetáculo Olhares, do Grupo de Teatro Arte para Todos, que pela primeira vez encena a peça sem a participação de atores convidados (pais ou profissionais do projeto).

            Os participantes do Arte para Todos são crianças, jovens e adultos atendidos pelo NAIPE e que manifestam aspectos de diferentes deficiências, como transtornos do desenvolvimento psicomotor, síndromes genéticas, acometimentos na parte física como a diplegia e a paralisia cerebral, além de alterações do comportamento. “Ao subir ao palco do Juarez Machado, estes artistas vão compartilhar com o público o resultado de um processo, de um exercício constante de autoconhecimento e superação dos seus limites, por meio da arte”, ressalta Robson Benta, professor de teatro e coordenador do Arte para Todos.

            Criado no início de 2012, o Arte para Todos desenvolve suas atividades no Centro Cultural Deutsche Schule (anexo ao Ielusc) e envolve diversos projetos: Oficinas de Dança e Teatro, para crianças e adolescentes; Laboratório de Teatro, para alunos com mais de 18 anos; Grupo de Teatro Arte para Todos (formado por ex-alunos do Laboratório de Teatro), diversas atividades de dança, teatro e terapia ocupacional envolvendo pais e familiares; visitas a eventos e instituições culturais; palestras e workshops sobre arte inclusiva para estudantes e profissionais das áreas social, cultural, de saúde e educação; além de apresentações em eventos, empresas, escolas e instituições. Conta ainda com um importante acompanhamento dos estagiários do curso de Terapia Ocupacional da Faculdade Guilherme Guimbala / Associação Catarinense de Ensino - ACE, sob a coordenação da professora Winny Kessy Keller da Costa.

            O programa Arte para Todos é uma realização do IMPAR. Tem a parceria do NAIPE e o apoio da Secretaria de Saúde de Joinville. Para a realização das Oficinas de Dança e Teatro conta com o apoio da ONG Moradia e Cidadania e o patrocínio do SIMDEC – Sistema Municipal de Desenvolvimento Cultural; para viabilização das aulas do Laboratório de Teatro, conta com a parceria do Programa de Extensão Comunitária da Casa da Cultura Fausto Rocha Jr. Já a manutenção do Grupo de Teatro é viabilizada com o trabalho voluntário dos profissionais envolvidos (professores de teatro e dança, fisioterapeuta, terapeuta ocupacional e produtora) e com a captação de recursos via edital/patrocínios para os projetos de montagem e circulação de espetáculos. Para sua viabilização o programa conta ainda com o apoio dos parceiros: Centro Cultural Deutsche Schule/Ielusc, Clic Propaganda, Chico Maurente Fotografia, Mídia Quatro Filmes e RW Contadores.

 

Programação

10h - Painel de abertura: “Observações e reflexões sobre papel da atividade artística no desenvolvimento dos participantes do programa Arte para Todos”, com participação do pediatra e geneticista Guilherme Colin, da psicóloga Vivianne Conzatti e do professor de teatro Robson Benta.

10h40 – Início das apresentações:

·         Oficina de Dança e Teatro Infantil

·         Oficina de Teatro para Adolescentes

·         Oficina de Dança para Adolescentes

·         Laboratório de Teatro – Turma 01

·         Laboratório de Teatro – Turma 02

11h30 – Apresentação do espetáculo Olhares, do Grupo de Teatro Arte para Todos.


 
Faça uma homenagem a sua PROFESSOR
Classificação: / 0
Escrito por Jornal da Educacao   
24-Set-2015

O Dia do Professor está chegando e em homenagem a eles, a empresa Planneta está promovendo o Concurso Cultural Meu Professor é Nota 10.

Até o dia 10 de outubro, crianças e adultos de todo o país devem contar uma história emocionante que vivenciaram junto a um professor ou agente de transformação social e que marcaram suas vidas. O texto, de até 800 caracteres, deve ser enviado para o e-mail:  Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o Javascript terá de estar activado para poder visualizar o endereço de email

“Com este concurso queremos ressaltar a importância dos professores, não só no aspecto educacional, mas também em nossas vidas, em nossas lembranças. Os professores não apenas nos ensinam o que está nos livros, mas no dia a dia escolar nos transmitem também valores como ética, cidadania, respeito ao próximo, bons exemplos que carregamos conosco ao longo da vida. Devemos valorizá-los sempre!”, afirma Luis Namura Poblacion, presidente da Planneta.

Uma comissão julgadora fará a avaliação dos textos e a história mais emocionante ganhará o concurso. O vencedor terá seu texto publicado no portal Planneta Educação e  o professor homenageado ganhará o livro “O ensino à velocidade do pensamento”, de Mike Lloyd.

O resultado será divulgado no dia 15 de outubro, no portal www.plannetaeducacao.com.br, empresa do grupo Vitae Brasil.

 
O Jornal da Educação é um sobrevivente (JE 288-28 ANOS)
Classificação: / 0
Escrito por Maria Goreti Gomes   
18-Set-2015
Caro leitor, você está lendo a edição que marca os 28 anos de publicação ininterrupta do Jornal da Educação. E assim como nossas universidades, estamos sobrevivendo, apesar das políticas de (des)governo da Pátria Educadora, Brasil.  
As edições, inicialmente bimestrais, passaram a mensais e, neste ano de 2015, devido à situação econômica do Brasil, circularam com a periodicidade possível. Mas neste mês de aniversário, a edição é mensal. Sobrevivemos!
Iniciamos o nosso 29º ano de existência, e temos muito a agradecer. Os primeiros da grande lista, são nossos colunistas Norberto Dallabrida (Histórias da Educação), Gilmar de Oliveira (Psicologia), Yolanda Robert (Direito) e o professor Leandro Villela de Azevedo (De Onde Vem?).
Os quatro professores doutores e mestres compartilham seus conhecimentos em seus artigos, publicados graciosamente no Jornal da Educação, nas edições impressa e on line.
Nossos anunciantes e assinantes, tais como as secretarias de educação que adquirem assinaturas e as distribuem aos professores. Aos anunciantes, universidades e empresas privadas que reconhecem a importância do professor anunciando em nossas páginas.
A publicidade e as assinaturas anuais possibilitam a continuidade da produção do JE.
A partir de agora, iniciamos nossa contagem regressiva, rumo aos 30 anos. Faltam somente 24 meses para completarmos três décadas de serviços em prol da melhoria da qualidade do ensino. Continuaremos na luta para divulgar o que há de melhor na educação brasileira.  
Ainda não temos clareza de como, quando ou se o Brasil reagirá e voltará a ter empresas e profissionais da educação com suficiente interesse e verbas para fazer publicidade e adquirir assinaturas do JE em quantidade suficiente para custear as edições mensais.
Mas, temos certeza que, assim como conseguimos superar as crises econômicas anteriores, o faremos também desta vez.  
Otimismo não nos falta, pois somos impulsionados pelo histórico de superação de crises anteriores.
Afinal, desde agosto de 1987, quando iniciamos nosso trabalho, temos sobrevivido financeira e editorialmente a quase uma dezena de crises econômicas e políticas, embora esta seja a mais rigorosa dentre todas, pela sua gênese.
Como bem afirmei na tribuna da Câmara de Vereadores de Joinville, quando o JE foi homenageado pela passagem dos 25 anos de existência:”Está difícil, mas acreditamos ser possível!” Foi e está difícil conseguir anunciantes e assinantes para manter as publicações com periodicidade regular, mas continuamos a tentar. E a fazer as edições, diferentemente de mais de uma centena de jornais impressos que pararam de circular no país nos últimos anos.
Esta “morte súbida” de jornais (e não somente de pequenos) vem se multiplicando desde o início da crise econômica mundial iniciada nos Estados Unidos, o berço da imprensa mundial, em 2008.
O pensamento dominante é, “se sobrevivemos àquela crise, será possível sobreviver mais uma vez. Vamos superar a crise e, provavelmente voltar a circular mensalmente neste segundo semestre. Não desistiremos de divulgar as boas ações desenvolvidas em escolas.
Acreditamos que divulgar estas ações, individuais ou coletivas, é o caminho efetivo e a maior das contribuições que podemos dar visando à melhoria da qualidade de ensino. Em especial neste momento do País, extremamente carente de ensino de qualidade, assim como de bons profissionais, capazes de ensinar com a qualidade necessária e exigida pelo mercado de trabalho.  
Adotamos como meta, dar publicidade e reconhecimento aos profissionais da educação que se destacam pela qualidade do seu fazer pedagógico. O objetivo é que, queiram continuar a fazer um bom trabalho. E, movidos por esse reconhecimento público, ampliem ainda mais sua influência na escola, servindo de exemplo a ser seguido pelos colegas. O quê, contribuirá, com certeza, para melhorar o fazer pedagógico de diversos colegas professores e escolas.
Como bem escreveu Karl Konstantin Knüppel – fundador do manuscrito em alemão Der Beobachter am Mathiasstrom, o primeiro jornal do interior da Província de Santa Catarina, publicado em 2 de novembro de 1852, em Joinville, “Não existe, efetivamente, nada mais interessante no mundo – nem mesmo para o mortal mais sábio e mais humilde – do que ler algo a respeito de sua pessoa”.
Portanto, sobreviventes, continuaremos a “remar contra a maré”, pelo tempo necessário.
Não sabemos por quanto tempo e com qual periodicidade vamos circular nos próximos meses. Mesmo assim, reforçamos: acreditamos que, a dispeito da viabilidade econômica de cada edição, permaneceremos defendendo que os professores e demais profissionais da educação, continuam a merecer reconhecimento pelo bom trabalho desenvolvido nas cada vez mais violentas salas de aula.
Conhecedores desta necessidade de visualização social do indivíduo, os veículos de comunicação tem produzido sempre mais jornais e revistas, com espaços para interação via internet.
Seguindo esta tendência do mercado editorial mundial, financeiramente mais viável em momentos de crise, o Jornal da Educação tem feito publicações mais frequentes em sua página oficial (www.jornaldaeducacao.inf.br), onde publica também sua versão impressa em PDF, no link Downloads-versão impressa em PDF.
Já a página do Jornal da Educação, no Facebook (www.facebook.com/pages/Jornal-da-Educação), possibilita aos leitores interagirem diretamente com nossa equipe de jornalismo.
 
<< Início < Anterior | 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 | Seguinte > Final >>

Resultados 13 - 16 de 152
Advertisement

Qual a sua opinião?