O nico caminho para a tecnologia a Educao Bsica de Qualidade (Dezembro/2007) PDF Imprimir E-mail
Classificao: / 0
PiorMelhor 
Escrito por Jornal da Educacao   
18-Dez-2007


A comisso composta por lideranas empresariais, educacionais e polticas que coordena a implantao de um campus da Universidade Federal de Santa Catarina em Joinville anunciou a implantao somente de cursos de engenharia e de alta tecnologia.

O Reitor da UFSC, Professor Lcio Jos Botelho, explica que nenhum curso de licenciatura ser implantado na cidade, pois trata-se de um novo projeto, de implantar um campus temtico voltado vocao da regio.
Botelho informou ainda que os cursos de licenciatura esto contemplados "num grande projeto" do MEC, denominado Universidade Aberta, na qual os cursos so a distncia.

Dentro deste projeto, esto em andamento, no plo de Joinville, os cursos de licenciatura em Matemtica e Fsica para professores que j atuam em sala de aula.

No Campus Temtico de Joinville sero ministrados cursos de engenharia e no haver um nico curso de licenciatura.

O novo campus deve funcionar a partir de 2009, com vestibular j em 2008, e o jovem que optar por ser professor, precisar continuar pagando mensalidades na faixa de R$ 500,00 nas escolas particulares de ensino superior da regio.

Alm disso, a proposta reservar 50% das vagas do novo campus para estudantes de escolas pblicas. Ou seja, alm de estudar de graa, a chance de quem optar pelas engenharias totalmente voltadas ao mercado de trabalho industrial, ser ainda mais facilitada.

O que se quer saber e perguntar s autoridades responsveis por tais decises , qual jovem ir optar pela profisso de professor em detrimento da de engenheiro diante de tanto incentivo?

Numa regio em que a falta de educao bsica de qualidade compromete at mesmo a produo industrial, dispensvel a interferncia de vidente para saber que em pouco mais de cinco ou seis anos, toda a regio vivenciar ainda mais a falta de professores.

No ms em que se festeja o Dia do Professor e reforada ainda mais a necessidade de melhorar a qualidade de sua formao. E que os profissionais que ainda esto em sala de aula, em boa parte gostariam de trocar de profisso, evitando as agresses verbais, morais e por vezes fsica, cada vez em maior nmero, por parte inclusive dos alunos; somos obrigados a registrar a preocupao com o futuro de todas as demais profisses.

Afinal, sem professor, no h escola, e sem escola, no h profissionais. Alm disso, a m formao do professor apontada como uma das principais causas da baixa qualidade de ensino oferecido a nossas crianas e adolescentes em todo o pas.
E se nas universidades pblicas que se formam os melhores profissionais, no teriam elas que se dedicar quase que exclusivamente formao dos professores que iro oferecer o ensino bsico para todas as profisses.

J que para seguir adiante no curso universitrio, preciso saber ler, escrever e calcular muito bem, sob pena de desistir no meio do caminho, pois o vestibular somente o primeiro dos obstculos a serem superados.

Na regio de Joinville, o dinheiro pblico ser investido na formao de profissionais para atuar nas indstrias, enquanto nossa maior carncia est exatamente na rea educacional.

Em vez de reservar 50% das vagas aos estudantes de escolas pblicas, a Universidade Federal de Santa Catarina deveria implementar pesquisas e aes para garantir a nossos jovens, ensino bsico de qualidade, que os possibilitasse disputar, em igualdade de condies, 100% das vagas, com seus colegas de escolas particulares, entrando na universidade de cabea erguida e cheia de conhecimento.

O mais estranho perceber que a sociedade joinvilense que aceitou pacificamente o fato de no ter, por dcadas, uma universidade federal na maior cidade do estado, agora aceita que empresrios e autoridades federais escolham at mesmo os cursos a serem oferecidos na cidade.

Os maiores prejudicados sero, novamente, nossos jovens que continuaro a ter aulas de qualidade duvidosa e nossas escolas continuaro a sofrer com a falta de professores.

 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >
Advertisement

Qual a sua opinio?