Professores pecam por excesso de humildade (Edio Junho/2007) PDF Imprimir E-mail
Classificao: / 0
PiorMelhor 
Escrito por Jornal da Educacao   
03-Jul-2007


Ao longo de sua formao, o professor aprende que preciso ser humilde e aceitar o fato de no ser o dono da verdade. Quando vai para a sala de aula, ensina para seus alunos que a humildade importante e ajuda na caminhada pela vida. Entretanto, no raro nos deparamos com profissionais da educao que confundem humildade com humilhao.

Ser humilde , antes de tudo, aceitar-se eterno aprendiz, mas nunca esta aceitao deve chegar ao extremo do professor submeter-se aos caprichos dos pais e alunos, isto j humilhao.

Na comunidade escolar, o profissional da educao quem estudou e se preparou para ser o lder da caminhada pela construo do conhecimento e no para receber orientao de como, quando e o qu fazer, de pessoas sem preparo nenhum para isto.

preciso, sim, respeitar o saber individual, mas, se no puder acrescentar nada ao conhecimento pr-existente de seu aluno, o professor deve mudar de profisso. Se no fosse para liderar a aprendizagem, porque um professor precisaria estudar tanto, ler constantemente, preparar-se e continuar estudando?

E se no for para mostrar atodos que sabe, que lidera e est no caminho certo,qual seria sua ao?! No basta conseguir aprovar todos os seus aluno e sim ser referncia, paradigma, modelo.

Vale lembrar que a finalidade primeira da escola ensinar crianas e adolescentes a viver em sociedade. E o que seria viver em sociedade seno estar preparado para o mercado de trabalho, para o mundo produtivo e para o coletivo.

Aos pais cabe ensinar valores, a importncia da escola e o respeito aos professores que l esto para ensinar o saber cientfico, apoiando o professor e auxiliando o filho a fazer a parte que lhe cabe no caminho pelo domnio do conhecimento.

E por ensinar que a escola deve estar nas manchetes de jornais e televiso, no porque ganhou uma sala de aula nova ou foi interditada.

Para ser pai ou me basta ter um relacionamento com algum do sexo oposto e seguir o instinto da perpetuao da espcie. Portanto, quem tem que saber e nortear o ensino de nossas crianas e adolescentes o professor e no os pais.

Cabe a estes profissionais, que estudaram muito, levar a escola a cumprir sua funo primordial para a sociedade que a criou e mantm: ensinar.
Para ser professor preciso muito mais do que o diploma recebido aps os quatro ou cinco anos de ensino superior. indispensvel sempre e diariamente ler, aprender, re-aprender, reler, reestruturar o processo pedaggico, reescrever, preparar aula, ler, estudar e, continuar estudando.

Muitas vezes, apesar da interferncia dos pais no processo pedaggico, os professores contentam-se em ver o crescimento de seus alunos, esquecendo-se de mostrar aos mesmos pais, aos colegas e demais pessoas da comunidade, os bons trabalhos que desenvolve em sala de aula com os alunos. E este seu maior pecado, resultado do excesso de humildade.

Noutra linha, a professora no divulga seu trabalho por temor de ser classificada de "exibida" ou para evitar comentrios do tipo "ela quer s se aparecer". Infelizmente, para a grande maioria dos professores, basta que seus alunos se sobressaiam e, em sua 'humilde' opinio, o mrito, o reconhecimento deve ser para as crianas. E deve ser mesmo, mas que no seja somente para os alunos, pois os estudantes sozinhos, pouco fariam, com rarssimas excees.

J tempo do professor mostrar o que faz, contar ao mundo, aos pais, a seus pares e at para si prprio, a grandiosidade de seu trabalho, a importncia de sua profisso, e ganhar um pouco mais de auto-estima, de reconhecimento profissional e pessoal.

Neste ponto, vale registrar as palavras de Karl Konstantin Knppel, o fundador do manuscrito em alemo Der Beobachter am Mathiasstrom, o primeiro jornal do interior da Provncia de Santa Catarina, em 2 de novembro de 1852, em Joinville,"no existe, efetivamente, nada mais interessante no mundo - nem mesmo para o mortal mais sbio e mais humilde - do que ler algo a respeito de sua pessoa".

Portanto, a falsa modstia, o excesso de humildade, no podem privar os professores de socializar suas experincias positivas.

O Jornal da Educao foi criado em 1987 com a finalidade de promover o intercmbio entre os profissionais da educao e estabelecimentos de ensino da regio de Joinville. Ao completar 20 anos de publicao ininterrupta, continua disposio para divulgar os bons trabalhos de nossos profissionais da educao e dos estabelecimentos de ensino, os responsveis pela formao de nossas crianas, adolescentes, jovens e adultos. Faa contato por telefone, pela internet, por correio ou pessoalmente.

 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >
Advertisement

Qual a sua opinio?