Deuses apaixonados (JE296) PDF Imprimir E-mail
Classificao: / 0
PiorMelhor 
Escrito por Fernando Bastos   
22-Jun-2016


Em tempos remotos, eram comuns os encontros amorosos entre um deus e mulheres da terra, geralmente virgens, belas, recatadas e do lar. Algumas delas eram comprometidas, o que gerava alguns conflitos, que eram logo resolvidos.
O caso mais famoso de uma donzela da Palestina, de nome Maria, cujos relatos nos informam da visita que um anjo fez jovem, anunciando-lhe a chegada de um filho. A inocente noiva, prometida em casamento a um primo mais velho, disse que aquilo era impossvel, pois no conhecia homem, isto , no havia tido relacionamento carnal com nenhum varo. O anjo explicou que o filho gerado em seu ventre seria obra do Deus de seu povo, atravs de um esprito. Assim, ela aceitou de bom grado sua misso, e o noivo, que no incio chegou a pensar em abandon-la, mudou de ideia quando, em sonho, o anjo lhe disse para no fazer mau juzo da menina, pois o Ser que ela iria gerar vinha do Esprito Santo.
Segundo os estudiosos, os antigos costumavam atribuir a paternidade divina a certos indivduos notveis, tais como reis, imperadores, filsofos e profetas, no s como forma de homenage-los, mas porque acreditavam mesmo que eles eram filhos de uma divindade.
No Egito, o fara era celebrado como filho de um deus, e s vezes, como o prprio deus na terra. Na Grcia, Plato e Pitgoras eram exaltados como filhos do deus Apolo.
Na ndia (cerca de 3.500 anos a.C.) os textos sagrados contam que a me da virgem Devaki foi informada em sonho que sua filha daria luz um homem-deus, que seria conhecido como Krishna. Tambm na ndia (sc. 6 a.C.) encontramos a rainha Maya descansando num dia de vero, quando em sonho, levada ao topo do Himalaia, onde recebida por quatro rainhas que a conduzem a uma manso de ouro. Um elefante branco desceu voando a montanha, levando um ramo de ltus como oferta rainha, que o esperava para o encontro nupcial. Ali, o elefante sagrado consumou o ato, penetrando-lhe o tero com a tromba. Desse encontro pouco comum, nasceria o prncipe Sidarta Gautama, o Buda.
Prsia (atual Ir, sc. 6 a.C.). A virgem Dughda, uma adolescente de quinze anos, estava prometida em casamento a Pourushaspa, quando engravidou de Ahuramazda, um deus persa; dessa relao nasceu Zaratustra, o fundador do zoroastrismo.
Os gregos so prdigos em nos fornecer romances entre um deus e uma terrquea. Coloquei entre parnteses o nome pelo qual eram conhecidos esses deuses pelos romanos.
Zeus (Jpiter) tinha uma estratgia peculiar para seduzi-las: o disfarce. O chefe do Olimpo se aproveitou da ausncia de Anfitrio, e deitou-se com a esposa dele, Alcmena, enganando-a, pois adotara a aparncia de seu marido. Dessa unio, nasceu Heracles (Hrcules). No incio, Anfitrio ficou revoltado com a traio da esposa, mas se acalmou quando ela lhe contou que o beb era filho de Zeus.
Leda, esposa de Tndaro, rei de Esparta, que parecia ser uma zofila, no reconheceu o grande Zeus quando veio em forma de cisne e copulou com ela. Nove meses depois, ela chocou dois ovos, e Tndaro adotou as crianas como seus prprios filhos.
Outra que nutria fortes paixes por animais era Persfone, que ao ver Zeus em forma de cobra, no hesitou em se deixar penetrar. Em breve daria luz o semideus Zagreu.
Para muitos gregos, Alexandre Magno era filho de Olmpia e Zeus, que, em forma de cobra (mais uma adepta de sexo com rpteis) veio ao leito da bela mortal e a engravidou. Segundo o historiador Plutarco (sc. 1 de nossa era), Olmpia costumava dormir com cobras, como parte de um de seus cultos religiosos.
Dionsio (Baco) era filho de Zeus e da princesa Smele. O belo Apolo pai de Asclpio, nascido de um romance com Cornis. Ares, filho de Zeus e Hera (Juno), engravidou Ria Slvia, da qual nasceram os gmeos Rmulo e Remo.
Hoje, divindades como as dos gregos e romanos foram transportadas para as prateleiras de livros sobre mitologia, mas na Antiguidade o povo as respeitava como entidades reais. Aqui no Ocidente, a concepo milagrosa de Maria resiste aos ataques dos crticos, que veem nesse conto um plgio da vida dos deuses pagos. Para os cristos, trata-se da mais bela histria da Humanidade, em que Deus, como prova de seu amor por ns, se fez homem, para nos salvar e nos livrar de todo o mal.

Fernando Bastos
Sobre este autor:
 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >
Advertisement

Qual a sua opinio?