Educao caos e no prioridade no Brasil (Maio/2011) PDF Imprimir E-mail
Classificao: / 0
PiorMelhor 
Escrito por Jornal da Educacao   
27-Mai-2011


As palavras e o vdeo da Professora Amanda Gurgel, (http://www.videolog.tv/video.php?id=657067), em audincia pblica para discutir o cenrio atual da educao do Rio Grande do Norte, correu pela internet a todos os cantos do Brasil e serviu claramente para mostrar que o Brasil no um pas continental e nem mesmo dos contrastes quando se analisa a educao oferecida a seus cidado e salrios aos professores.


O caos, instalado em todos os 26 estados e no territrio nacional, implantado ao longo de nossos 500 anos de histria por todos os governos municipais, estaduais e federal, que jamais priorizaram educao, veio tona na interveno da professora.
A situao comprovada no somente por palavras da professora Amanda (aplaudidas veementemente), mas tambm pelas diversas sries de reportagens especiais veiculadas diariamente na mdia nacional e regional, mostra o resultado.
Carncia de mos de obra para atender s demandas do mercado de trabalho do Brasil industrializado e em crescimento e os objetivos da populao, que clama por respeito e tratamento digno em todo o pas, so relatados pelas reportagens das grandes redes de comunicao e nos aproxima indiscriminadamente.
Distncias geogrficas, diferenas regionais, cultura, religio, conscincia poltica, tudo nos aproxima quando o assunto educao.
O caos educacional, derivado do descaso poltico, pe por terra todos os discursos inflamados, especialmente os dos polticos envolvidos ou com origem na educao.
De trampolim poltico seo eleitoral nas eleies, as escolas vo deixando de lado suas crianas, adolescentes e jovens.
A repercusso nacional do discurso da professora e a reao da sociedade e, especial de quem minimamente se preocupa com a qualidade de ensino e valorizao efetiva do professor, nos coloca no mesmo lugar ocupado pelo pas nas avaliaes internacionais de qualidade de ensino.
Diariamente mudam-se os critrios de ndices externos aos sistemas para se medir qualidade de ensino, como o IDEB e o PISA e o Brasil continua nas ltimas posies do ranking.
Ganhamos nmeros astronmicos de crianas na escola e de investimento em educao e perdemos por termos condies indescritivelmente piores de aprendizagem e, especialmente, de ensinagem em nossas escolas (inclusive as universidades) pblicas.
O governo do estado de Santa Catarina, que tem IDEB de 3,7 no ensino mdio acaba de rasgar o plano de carreira dos professores e passa a pagar o mesmo salrio aos professores que tenham formao em ensino mdio ou magistrio e aos licenciados e, em alguns casos, at mesmo os ps-graduados.
E ainda tem a ousadia de terminar seu comunicado sobre a implantao do Piso Nacional do Magistrio no estado, afirmando estar efetivamente comprometido com a qualidade do ensino oferecido a seus cidados.
o descaso total, nem o caos aguenta isso...
 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >
Advertisement

Qual a sua opinio?